Depen é Cebraspe/Cespe: contrato assinado para concurso com 309 vagas

 

Extrato do contrato publicado no D.O. da União em 2 de abril de 2020

O extrato do contrato com o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) para a organização do concurso público do Departamento Penitenciário Nacional (Concurso DEPEN) foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (2).

O concurso do Depen, autorizado desde o final de 2019 e já com comissão formada, oferecerá 309 vagas para níveis médio e superior, sendo 294 oportunidades para agente federal de execução penal e 15 para de especialista federal em assistência à execução penal.

Sobre os Cargos
O cargo de agente federal oferece uma remuneração inicial de R$ 6.030. O valor é composto pelo vencimento básico, de R$ 4.170,63; a Gratificação de Desempenho de Atividade de Assistência Especializada do Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça (GDAPEN), de R$ 1.401,60 e o auxílio-alimentação, de R$ 458. O critério para concorrer a este cargo é o ensino médio completo. Além da carteira de habilitação na categoria B ou superior.

Para especialistas, de nível superior, a remuneração inicial é de R$ 5.865,70. O valor também conta com o vencimento básico, de R$ 4.361,30; a GDAPEN, de R$ 1.046,40, além do auxílio-alimentação, de R$ 458. Em ambos os casos, o regime de contratação é o estatutário, que garante estabilidade empregatícia. Os candidatos do concurso Depen poderão ser lotados nas penitenciárias federais.

Há unidades em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, Catanduvas, no Paraná, Mossoró, no Rio Grande do Norte, Brasília, no Distrito Federal, e Porto Velho, em Rondônia. No entanto, ainda não foram confirmadas sobre quais unidades serão contempladas com vagas.

Último concurso Depen
Com a banca definida, os interessados no concurso devem intensificar sua preparação. Uma boa estratégia, enquanto a organizadora da seleção de 2020 não é definida, é usar como referência o edital do último concurso anterior, realizado em 2015. A Zero Um Concursos fez um levantamento com os critérios de aprovação e as notas de corte para o cargo de agente penitenciário federal do último concurso do Depen.

Naquela ocasião, foram oferecidas 258 vagas. Desse total, oito eram destinadas ao cargo de especialista, 10 para técnico de apoio à assistência penal (Enfermagem) e 240 para agente penitenciário federal. As vagas de especialistas contemplaram as especialidades de Enfermagem (duas), Farmácia (uma), Pedagogia (duas), Psicologia (uma), Serviço Social (uma) e Terapia Ocupacional (uma).

O concurso foi realizado em duas fases. A primeira contou com provas objetiva e discursiva, exame de aptidão física, avaliação médica, avaliação psicológica e investigação social. Já a segunda fase consistiu no curso de formação profissional, de caráter eliminatório e classificatório. A formação foi realizada pelo próprio Depen, com apoio logístico do Cebraspe, organizador do concurso na ocasião.

Critérios de aprovação da prova objetiva de 2015
A prova objetiva valia até 160 pontos e apresentou questões do tipo certo ou errado. Foram 120 questões, distribuídas por itens de Conhecimentos Básicos (50), Complementares (30) e Específicos (40). A prova de Conhecimentos Básicos contava com questões de língua portuguesa, atualidades, noções de Ética no Serviço Público e noções de Direitos Humanos e Participação Social.

Mais Detalhes
Concurso: Departamento Penitenciário Nacional (Concurso Depen)
Banca organizadora: Cebraspe
Cargos: Agente Federal de Execução e Especialista
Escolaridade: Níveis superior e médio
Vagas: 309
Remuneração: Até R$ 6 mil
Situação: AUTORIZADO
Previsão p/ publicação do edital: ATÉ JUNHO 2020
Link do último edital

Estudando para concursos das carreiras policiais? Comece a sua preparação hoje mesmo com quem conta com uma metodologia diferenciada e aprovou os primeiros colocados no concurso policial mais concorrido do país: a Polícia do Senado!