Concurso PM TO: governo assina contrato com Cebraspe

Em live realizada na tarde desta terça-feira, 25 de agosto, o governador do estado de Tocantins, Mauro Carlesse, divulgou o nome da banca organizadora do concurso da Polícia Militar de Tocantins, PM TO.

Cebraspe é a instituição escolhida como organizadora do concurso da PM TO. O contrato, inclusive, foi assinado durante a transmissão. A presidente do Cebraspe chegou a discursar agradecendo “a honra” de organizar o concurso da Polícia Militar do estado.

O gestor não divulgou quando o edital deve ser publicado. Depois de um ano de 2018 atribulado, cheio de irregularidades e anulado por fraude, o concurso da Polícia Militar de Tocantins, PM TO, ganha um novo capítulo.

O presidente da Comissão Organizadora do concurso informou que o certame com 1.000 vagas para soldado é a principal prioridade da instituição em 2020.

Ainda em janeiro deste ano, a Polícia Militar do Tocantins chegou a informar à equipe de jornalismo da Zero Um Concursos que a corporação está em etapa para contratação da banca organizadora do concurso.

O procedimento tem seguido os trâmites administrativos necessários, com a maior celeridade possível, segundo a comissão. Com a celeridade nos trâmites de realização do concurso PM TO, não dá para ficar parado se você sonha com esta oportunidade.

E, para te deixar informado sobre todas as etapas do concurso, montamos este artigo com detalhes e dicas de como você pode adaptar os seus estudos para mais uma grande oportunidade de ingresso à carreira.

Resumo da notícia!

  • Cebraspe é definido do concurso da PM de Tocantins;
  • Assinatura do contrato foi feita na tarde desta terça-feira;
  • Serão ofertadas 1.000 vagas para o cargo de Soldado da PM;
  • Edital deve ser publicado até o final do primeiro semestre de 2021.
  • CURSO PM TO
  • Concursos Policiais

concurso pm to live assinatura contrato cebraspe

Quando será publicado o edital do concurso PM TO?

Com a definição da banca organizadora, o normal é que o edital seja publicado em até 30 dias. Mas, como a situação de saúde no país se encontra em estado calamitoso, a publicação do edital deve atrasar um pouco. O governo de Tocantins não divulgou a data de publicação do edital.  

Ainda em dezembro do ano passado, o governador do Tocantins, Mauro Carlesse, confirmou a nova seleção para repor o quadro de policiais nas ruas ao designar uma equipe para atuar nas providências burocráticas de realização do certame.

A previsão é que sejam ofertadas 1.000 vagas para o cargo de Soldado. A seguir você confere o ato da administração pública que deu início aos primeiros passos para a realização do concurso PM TO:

concurso pm to comissao organizadora

A confirmação das 1 mil vagas no concurso PM TO

O número de vagas que deve ser ofertado no novo concurso da Polícia Militar de Tocantins já havia sido confirmado pelo comandante geral da PM TO, coronel Jaizon Veras Barbosa. O anúncio foi feito durante sessão solene da Assembleia Legislativa, para homenagear os 30 anos das Polícias Militar e Civil do estado.

Na oportunidade, os parlamentares homenagearam personalidades, entre políticos, ex-comandantes, ex-secretários e delegados.

Concurso PM TO foi suspenso em 2018

A realização de um novo concurso PM TO não é uma ação recente do governo. No ano de 2018, a Polícia Militar de Tocantins chegou a publicar um edital de concurso. Na época, foram ofertadas 1.040 vagas para o cargo de Soldado. Mas, o concurso foi marcado por polêmicas e irregularidades.

Foi comprovada fraude na realização da prova objetiva no município de Arraias. Segundo as investigações, um envelope de provas foi previamente cortado em uma das salas na qual o concurso público estava sendo realizado. Por conta disso, o concurso foi oficialmente anulado e o contrato com a banca organizadora, na época a AOCP, foi rescindido.

Em coletiva de imprensa concedida na época em que os fatos vieram à tona, o então secretário de estado da comunicação, João Neto, que também era membro da comissão organizadora do certame, afirmou que a AOCP não teria cumprido o contrato.

Em nota a AOCP negou ter descumprido cláusulas contratuais e adotou medidas que impedisse a efetivação da tentativa de fraude. Disse ainda que utilizaria de meios administrativos e judiciais para comprovar a inexistência do descumprimento contratual.

Quais os requisitos para ser um PM TO?

Para se tornar um PM em Tocantins é necessário que o candidato tenha:

  • idade mínima de 18 anos, no ato da inclusão na Corporação;
  • idade máxima, no ato da inscrição no concurso público, de 30 anos;
  • altura mínima de 1,63m, se do sexo masculino, e 1,60m, se do sexo feminino;
  • Nível Médio completo (comprovado no ato do ingresso na Corporação);
  • Carteira Nacional de Habilitação – CNH, permissão válida para dirigir ou comprovante de aprovação junto ao Departamento Estadual de Trânsito – DETRAN, no mínimo na categoria “B”.

Quanto ganha um PM em Tocantins?

Durante o período de formação, o subsídio do Aluno Soldado, em valores vigentes, é de R$ 2.215,10, o Aluno-Soldado que obtiver aprovação no Curso de Formação, será promovido ao Cargo de Soldado do QPPM da Polícia Militar do Tocantins, com remuneração prevista de R$ 4.455,46.

O que faz um PM no dia a dia em TO?

São atribuições do soldado da PM em Tocantins, cumprir os planos, normas e ordens emanadas do escalão superior; demonstrar equilíbrio emocional na atuação como servidor militar; atuar na atividade de policiamento ostensivo, nas suas mais diversas modalidades.

O Policia Militar em Tocantins precisa ainda demonstrar capacidade de trabalho em equipe com responsabilidade, lealdade e bom senso; atuar com disciplina, honestidade, sociabilidade e senso de organização; dirigir viaturas policiais; executar outros encargos e atividades de interesse da corporação.

Quais as etapas do concurso PM TO?

Para se tornar um soldado, o candidato inscrito no concurso PM TO passa pelas seguintes etapas:

1ª etapa

De caráter eliminatório e classificatório, a primeira etapa do concurso PM TO consiste na aplicação de Prova Escrita Objetiva de Múltipla Escolha. Além disso, os candidatos respondem a uma Prova Dissertativa. No último concurso, a prova foi aplicada nas cidades de Araguaína, Araguatins, Arraias, Gurupi e Palmas.

2ª etapa

O Exame de Capacidade Física é o teste aplicado na segunda etapa do concurso. Esta fase é de caráter apenas eliminatório e consiste na avaliação física dos candidatos pertinente ao exercício do cargo público. O TAF do concurso PM TO é realizado somente em Palmas.

3ª etapa

Na realização de Avaliação Psicológica, com base em critérios objetivos definidos pelo edital. Os candidatos são avaliados por profissionais habilitados em Psicologia que possuam registro no Conselho Regional de Psicologia. Esta etapa também é realizada apenas em Palmas.

4ª etapa

Na quarta etapa, os candidatos aprovados nas etapas anteriores passam por uma bateria de exames médicos e odontológicos, através da etapa de Avaliação Médica e Odontológica. A ideia é verificar os atributos de saúde necessários para o exercício do cargo público.

5ª etapa

Na quinta e última etapa do concurso PM TO, de caráter apenas eliminatório, os candidatos são submetidos a uma Investigação Social, a fim de verificar sua idoneidade moral, vida pregressa, conduta incompatível etc, para o exercício do cargo público.

Como é a prova do concurso PM TO?

Caso o padrão da prova do próximo concurso PM TO siga o exemplo do que foi regulamentado no último edital, os candidatos serão avaliados na prova objetiva da seguinte forma:

  • a prova será composta de 60 questões;
  • as questões terão cinco alternativas cada, com apenas uma certa;
  • ao todo, a prova terá 100 pontos;
  • será considerado aprovado na Prova Escrita Objetiva o candidato que acertar no mínimo 50% do total de pontos, devendo ainda obter o mínimo de 1,0 ponto em cada disciplina.

concurso pm to questões disciplinas

Prova discursiva

A Prova Escrita Dissertativa será realizada juntamente à Prova Objetiva, e terá o valor máximo de 20 pontos. O candidato deverá obter, no mínimo, 30% da pontuação máxima possível na redação, para não ser eliminado do concurso público.

Somente será corrigida a prova dissertativa do candidato que obter a pontuação estabelecida, da Prova Objetiva, e estiver classificado dentro do limite de quatro vezes o número de vagas ofertadas para cada sexo, masculino e feminino.

A prova dissertativa será elaborada a partir de um tema proposto, baseado em um ou mais textos ou fragmentos de textos. O candidato adotará uma linha de abordagem utilizando a tipologia textual “Dissertação” e o seu texto deverá apresentar valores, opiniões, crenças, hipóteses, ideias, em suma, os aspectos axiológicos ou cognitivos para esse tipo de produção textual.

O candidato terá no mínimo, 20 linhas e, no máximo, 30 linhas para elaborar a redação da prova dissertativa, sendo desconsiderado para efeito de avaliação qualquer fragmento de texto que for escrito fora do local apropriado ou que ultrapassar a extensão máxima de 30  linhas permitidas para a elaboração de seu texto.

Como é o TAF do concurso PM TO?

O Exame de Capacidade Física (ECF) do concurso terá caráter eliminatório e será realizado na cidade de Palmas/TO. O objetivo do Exame de Capacidade Física é o de verificar a capacidade mínima necessária para suportar, física e organicamente, as exigências próprias do cargo.

Inicialmente, o candidato é submetido à avaliação da estatura mínima exigida, sendo automaticamente eliminado o candidato que apresentar altura inferior a 1,63m, se do sexo masculino, e 1,60m, se do sexo feminino, conforme requisito do cargo, constante no subitem 3.1 alínea “e”.

Os testes são realizados em dois dias

1º dia do TAF da PM TO

  • teste de flexibilidade
  • flexão de braços no solo com 04 apoios para homens e de 06 apoios para mulheres;
  • natação 50 metros – estilo livre.

2º dia do TAF da PM TO

  • teste em barra fixa;
  • flexão abdominal;
  • corrida aeróbica – 12 minutos.

O candidato efetuará cada modalidade de teste com intervalo mínimo de 15 minutos entre uma e outra.

Quando foi o último concurso PM TO?

O último concurso público da Polícia Militar do Tocantins tinha o objetivo de preencher 1.040 vagas efetivas, sendo mil para soldado e 40 para o cargo de cadete I (oficial). Porém o certame foi anulado pelo governo devido irregularidades.

O órgão recebeu denúncias de problemas em vários polos de provas, como envelopes violados e aparelhos celulares apreendidos com as respostas das provas.

O Curso de Formação do concurso PM TO

O Curso de Formação do concurso PM TO tem caráter eliminatório e classificatório, com duração estabelecida no plano de curso aprovado pela Diretoria de Ensino da corporação a ser publicado em boletim interno da Corporação.

O curso é realizado em Unidades da PMTO, ou em outro local, conforme determinado pelo Comando-Geral da Polícia Militar, com início previsto após o processo seletivo. A opção pela localidade de realização do curso de formação, dentro dos locais definidos pelo Comando da PMTO, à escolha do aluno-soldado.

Durante o período de formação, o subsídio do Aluno Soldado, em valores vigentes, é de R$ 2.215,10. O Aluno-Soldado que obtiver aprovação no Curso de Formação, é promovido ao Cargo de Soldado do QPPM da Polícia Militar do Tocantins, com remuneração prevista de R$ 4.455,46.

Detalhes concurso PM TO

  • Concurso PM TO
  • Banca organizadora: a definir
  • Cargos: Soldado
  • Escolaridade: nível médio
  • Área: Policial
  • Número de vagas: 1.000
  • Remuneração: R$ 4 mil
  • Situação: ANUNCIADO
  • Previsão p/ publicação do edital: 2020
  • Link do último edital

A Zero Um Concursos possui cursos direcionados para sua aprovação, com professores altamente qualificados. Clique no botão abaixo e inicie agora mesmo sua preparação para ingresso na área policial. Aqui você tem a certeza do melhor negócio e garantia da aprovação para essa grande oportunidade.

DETALHES SOBRE O CONCURSO

Instituição: Polícia Militar de TO
Banca organizadora: a definir
Cargos: Soldado
Escolaridade: Nível Médio
Nº de vagas: 1.000 vagas
Remuneração: R$ 4 mil
Situação: ANUNCIADO
Previsão edital: 2020
CURSOS PM TO

Edital anterior
Link do último edital

Receba notícias!