Concurso Polícia Civil MT: 1200 vagas para Escrivão e Investigador

São mais de 1.200 vagas previstas para o novo concurso Polícia Civil MT. A expectativa é que as oportunidades contemplem os cargos de Escrivão e Investigador.

Embora o concurso tenha sido anunciado pelo governador em fevereiro do ano passado, o edital segue sem data definida para publicação.

A informação foi confirmada pelo órgão à equipe de jornalismo da Zero Um Concursos.

De acordo com a assessoria da corporação, a seleção para os cargos de Escrivão e Investigador pode demorar a ser lançada, mas o concurso segue previsto nas ações do governo.

A previsão é ofertar 900 cargos para investigador e 300 para escrivão. Diante disso, convidados você para acompanhar as informações neste artigo.

Disponibilizamos todos os detalhes sobre a realização do concurso e o que você pode fazer para adaptar a sua preparação para o certame.

Concurso Polícia Civil MT – o que há de novo?

Entre os encontros mais recentes realizados pela Polícia Civil e o estado discutiu o balanço das atividades desenvolvidas pela PC MT. No encontro, os diretores membros do Conselho Superior de Polícia (CSP) explanaram ao governador Pedro Taques.

Entre os assuntos que foram discutidos estavam ações adotadas no administrativo e operacional para redução da criminalidade como o fortalecimento das operações de combate ao tráfico doméstico, corrupção, roubos e furtos, além dos implementos e melhorias estruturais das unidades policiais.

E, em dado momento da reunião foi levantada a necessidade de reposição do efetivo da Polícia Civil. Isso porque o número de policiais que estão aptos a se aposentar girava em torno dos 150, além de mais de 100 que já se aposentaram.

O secretário de Segurança Pública garantiu que o governador já sinalizou positivamente sobre o concurso pública na área de Segurança Pública. Contudo, não quis estipular uma data.

Concurso Polícia Civil MT – déficit de servidores

Enquanto o concurso não chega, a PJCMT enfrenta uma realidade alarmante, com a falta de 1.927 investigadores. Segundo o lotacionograma da instituição, dos 4 mil investigadores que o Estado deveria ter, apenas 2.073 cargos têm servidores concursados.

No balanço divulgado pela Polícia Civil, faltam 2.728 profissionais para atender as atividades administrativas e nas delegacias. Somente de delegados, há 184 cargos em aberto.

Já dos 1.200 cargos de escrivães, 522 estão vagos. Ainda existem vagas para analistas e técnicos de desenvolvimento econômico e social, além de técnicos administrativos.

A falta de servidores foi a causa do fechamento de 16 delegacias em 2019. Segundo o governo, os gastos para manter essas unidades abertas, sem o efetivo necessário para atender a população, tornaram a desativação necessária, até mesmo para ajudar a conter as despesas durante a situação de calamidade financeira.

Cargos, remunerações e atribuições

Para concorrer em ambas as funções, escrivão e investigador, o candidato precisa ter formação em nível superior. É exigida ainda carteira de habilitação na categoria ‘B’, ‘C’ ou ‘D’ para o posto de investigador.

Entre as principais atribuições do cargo de Investigador são:

  • proceder à coleta e análise de dados de interesse da investigação policial, em assessoria e sob designação da autoridade policial; proceder, na ausência da autoridade policial, os devidos encaminhamentos aos procedimentos policiais nas tarefas que não forem privativas da autoridade policial, etc.

Já ao cargo de escrivão as atividades estão em

  • proceder à coleta e análise de dados, informações e conhecimento de interesse da investigação policial, em assessoria e sob designação da autoridade policial; proceder, na ausência da autoridade policial, os devidos encaminhamentos aos procedimentos policiais nas tarefas que não forem privativas da autoridade policial, entre outras.

Remuneração inicial na PC MT

Os valores para as ambas as ocupações são de aproximadamente R$ 5.310,83, com o pagamento de auxílios, chegando a R$ 14.267,73 no topo da carreira.

Concurso Polícia Civil MT – último edital

O último concurso realizado para a PC M foi em 2013. Organizado pela Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt – Funcab, o edital ofertou 600 vagas, sendo 150 para o cargo de Escrivão e 450 para Investigador de Polícia, ambos com exigência do nível superior.

O certame contou com as seguintes fases:

  • Prova Objetiva – classificatório e eliminatório
  • Prova Prática de Digitação (apenas para Escrivão)
  • Prova de Títulos – classificatório
  • Exame de Saúde – eliminatório
  • Teste de Aptidão Física – eliminatório
  • Avaliação Psicológica – eliminatório

Prova Objetiva da PC MT

Na primeira etapa do concurso os candidatos tiveram que passar por uma prova objetiva composta de 70 questões objetivas de conhecimentos básicos, gerais e específicos. As questões versavam sobre as disciplinas de:

  • Língua Portuguesa
  • Ética e Filosofia
  • Atualidades História
  • Geografia de Mato Grosso
  • Noções de Informática
  • Noções de Direito Administrativo
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Penal
  • Noções de Direito Processual Penal
  • Organização e Estatuto da Polícia Judiciária Civil/MT

Pólos de lotação

  • Água Boa
  • Alta Floresta
  • Alto Araguaia
  • Barra das Garças
  • Cáceres
  • Confresa
  • Cuiabá
  • Diamantino
  • Juína
  • Pontes e Lacerda
  • Primavera do Leste
  • Rondonópolis
  • Sinop
  • Tangará da Serra
  • Várzea Grande

Teste de Aptidão Física da PC MT

O Teste de Aptidão Física do concurso PC MT contou com os seguintes exercícios:

  • Flexão de Barra
  • Abdominal
  • Teste de Meio Sugado
  • Corrida

Na Barra fixa, os candidatos do sexo masculino tiveram que executar a flexão na barra fixa por três vezes. Já os candidatos do sexo feminino a exigência era fazer uma flexão e ficar suspensa na barra durante 10 segundos.

Para serem aprovados no exercício de abdominal, os candidatos do sexo masculino tiveram que fazer 38 repetições enquanto os candidatos do sexo feminino 29 repetições.

O Teste Meio Sugado possui como objetivo a avaliação de resistência muscular realizada por meio de flexão e extensão dos membros superiores e inferiores através de apoio sobre o solo. O tempo do teste foi de, no máximo, 1 minuto com 17 repetições para mulheres e 22 repetições para homens.

O último teste foi exigido corrida de 2.400 metros para candidatos do sexo masculino e 2.000 metros para candidatos do sexo feminino. O tempo limite para cumprir o trajeto era de 12 minutos. Em todos os exercícios os candidatos precisariam fazer o mínimo exigido no edital.

Detalhes concurso Polícia Civil MT

  • Concurso: Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso
  • Banca organizadora: a definir
  • Cargo:  Investigador; Escrivão
  • Escolaridade: Nível superior
  • Número de vagas: 1.200 (previstas)
  • Remuneração: Até R$ 5 mil
  • Situação: AUTORIZADO
  • Previsão p/ publicação do edital: a definir
  • Edital PC MT

A Zero Um Concursos possui cursos direcionados para sua aprovação, com professores altamente qualificados. Clique no botão abaixo e inicie agora mesmo sua preparação para ingresso na área policial. Aqui você tem a certeza do melhor negócio e garantia da aprovação para essa grande oportunidade.

DETALHES SOBRE O CONCURSO

Instituição: Polícia Civil MT
Banca: a definir
Cargos: Escrivão e Investigador
Escolaridade: Nível Superior
Nº de vagas: 1.200 previstas
Remuneração: até R$ 5 mil
Situação: ANUNCIADO
Previsão edital: 2020
CURSO PC MT

Último edital
Edital PC MT

Receba notícias!