Concurso Polícia Civil MT: Déficit crescente na corporação aumenta necessidade de certame! Inicial de R$ 5,3 mil!

A Polícia Civil do Estado de Mato Grosso (concurso PC MT) aguarda parecer do governador Mauro Mendes para dar andamento ao certame para a corporação. A Secretaria de Segurança Pública informou a Zero Um Concursos,  por meio da assessoria de imprensa, que a seleção para os cargos de escrivão e investigador da Polícia Civil poderá demorar para ser lançada, mas segue confirmada. O certame está autorizado e previsto desde o ano passado, pelo ex-governador, e essa troca tem atrapalhado o andamento dos trâmites para realização do concurso.

De acordo com informações, do ex-secretário de Segurança Pública, a previsão era de ofertar 600 cargos para investigador e 600 para escrivão, no concurso PC MT

Déficit de pessoal

Enquanto o concurso não chega, a PJCMT enfrenta uma realidade alarmante, com a falta de 1.927 investigadores. Segundo o lotacionograma da instituição, dos 4 mil investigadores que o Estado deveria ter, apenas 2.073 cargos têm servidores concursados.

No balanço divulgado pela Polícia Civil, faltam 2.728 profissionais para atender as atividades administrativas e nas delegacias. Somente de delegados, há 184 cargos em aberto.

Já dos 1.200 cargos de escrivães, 522 estão vagos. Ainda existem vagas para analistas e técnicos de desenvolvimento econômico e social, além de técnicos administrativos.

A falta de servidores foi a causa do fechamento de 16 delegacias em 2019. Segundo o governo, os gastos para manter essas unidades abertas, sem o efetivo necessário para atender a população, tornaram a desativação necessária, até mesmo para ajudar a conter as despesas durante a situação de calamidade financeira.

Anúncio do concurso PC MT

Os diretores da Polícia Judiciária Civil estiveram reunidos no dia 12 de dezembro, com o secretário de Segurança Pública, Gustavo Garcia Francisco, e o ex-governador de Mato Grosso, Pedro Taques, para apresentar breve balanço das atividades desenvolvidas pelaPolícia Civil de Mato Grosso (Concurso PCMT) ao longo de 2017. 

No encontro, os diretores membros do Conselho Superior de Polícia (CSP) explanaram ao governador Pedro Taques, as demandas e atividades de suas diretorias, salientando algumas ações adotadas no administrativo e operacional para redução da criminalidade como o fortalecimento das operações de combate ao tráfico doméstico, corrupção, roubos e furtos, além dos implementos e melhorias estruturais das unidades policiais. 

Também foi pontuado ao governador, a necessidade de reposição do efetivo da Polícia Civil, diante do número de policiais que estão aptos a se aposentar, cerca de 150, além de mais de 100 que já se aposentaram.

O secretário de Segurança Pública garantiu  que o governador já sinalizou positivamente sobre o concurso pública na área de Segurança Pública. Contudo, não quis estipular uma data.

“Estamos modificando a segurança pública de Mato Grosso. Precisamos de mais de 1.200 mil policiais para Polícia Judiciária Civil, sendo 900 investigadores e 300 escrivães. Nós faremos isso. Além disso, vamos dar posse aos 100 delegados aprovados no concurso público. Queremos que todas delegacias do Estado tenham delegado”, disse o gestor.

Concurso PC MT: cargos, remunerações e atribuições

  • Investigador e Escrivão

As principais atribuições para o cargo de Investigador são: proceder à coleta e análise de dados de interesse da investigação policial, em assessoria e sob designação da autoridade policial; proceder, na ausência da autoridade policial, os devidos encaminhamentos aos procedimentos policiais nas tarefas que não forem privativas da autoridade policial, etc.

Para escrivão as atribuições são as de proceder à coleta e análise de dados, informações e conhecimento de interesse da investigação policial, em assessoria e sob designação da autoridade policial; proceder, na ausência da autoridade policial, os devidos encaminhamentos aos procedimentos policiais nas tarefas que não forem privativas da autoridade policial, entre outras.

Para concorrer em ambas as funções é necessário nível superior, sendo exigido ainda carteira de habilitação na categoria ‘B’, ‘C’ ou ‘D’ para o posto de investigador. 

  • Remuneração inicial

Os valores para as ambas as ocupações é de aproximadamente R$ 5.310,83 com o pagamento de auxílios, chegando a R$ 14.267,73 no topo da carreira.

Último concurso Polícia Civil MT

Realizado em 2012, o certame contou,  na primeira fase, com prova objetiva composta por 70 questões, sendo dividida em três grupos: Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa), Conhecimentos Gerais (Ética e Filosofia, Atualidades História e Geografia de Mato Grosso) e Conhecimentos Específicos (Noções de Informática, Noções de Direito Administrativo, Constitucional, Penal e Processual Penal, Organização e Estatuto da Polícia Judiciária Civil/MT).

Os candidatos ainda foram avaliados por análise de títulos, exame de saúde, teste físico, avaliação psicológica e investigação social. A validade do concurso foi de dois anos, prorrogável por igual período.

Detalhes concurso Polícia Civil MT:

  • Concurso: Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (Concurso Polícia Civil MT)
  • Banca organizadora: a definir
  • Cargo:  Investigador; Escrivão
  • Escolaridade: Nível superior
  • Número de vagas: 1.200 (previstas)
  • Remuneração: Até R$ 5 mil
  • Situação: AUTORIZADO
  • Previsão p/ publicação do edital: a definir
  • Link do último edital