Concurso Polícia Civil RN: contrato com banca está em fase final

Serão 301 oportunidades para se tornar um delegado, escrivão ou agente da Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Norte. E esse sonho pode estar mais próximo do que você imagina. Mesmo diante da pandemia, o processo de contratação da banca organizadora do Concurso Polícia Civil RN entrou em estágio final e a gente te conta tudo neste artigo.

Outras notícias!

Concurso Polícia Civil RN – o que há de novo?

A novidade é que, ainda no início do mês de maio, o documento que trata sobre a contratação da instituição que vai organizar o concurso da Polícia Civil do RN voltou a tramitar na Secretaria de Administração.

O processo já passou, inclusive, pela Direção Geral da Escola de Governo no mês de fevereiro. Mas o nome da organizadora ainda não foi divulgado.

concurso policia civil rn processo sei

Se você chegou até aqui é porque esse certame é importante para você. Serão várias as oportunidades. A previsão é que sejam ofertadas 301 vagas para os cargos de delegado, escrivão e agente, que possui remuneração inicial varia entre R$ 7 mil e R$ 15 mil.

A informação obtida pelo jornalismo da Zero Um dá conta que o processo foi recebido pela a Secretaria de Estado da Administração e dos Recursos Humanos. Em entrevista, a secretaria Virgínia Ferreira chegou a confirmar a realização do concurso ainda no ano de 2020.

Porém, a realidade que o mundo vive em relação à pandemia do coronavírus pode adiar um pouco a publicação de um novo edital. Embora essa situação atrase um novo concurso, esta é uma grande oportunidade para aproveitar o tempo em casa para reforçar a sua preparação.

concurso policia civil rn viaturas
Imagem: José Aldenir / Agora RN

Concurso Polícia Civil RN – autorização

Ainda no mês de março, o Governo do Rio Grande do Norte publicou no Diário Oficial do Estado a autorização para que um novo concurso para o estado aconteça. O documento oficializa as 301 vagas que serão ofertadas no certame com publicação do edital em 180 dias.

Em entrevista recente, antes da publicação da autorização, a secretária de Estado de Administração do estado do Rio Grande do Norte, Virginia Ferreira, havia confirmado a realização do concurso PC RN em 2020. Como já mencionamos, a fase de escolha da banca.

concurso policia civil rn autorizacao

São mais de 5 mil cargos vagos

O déficit de efetivo na Polícia Civil vem se agravando com o passar dos anos. Pela Lei Complementar 417-2010, o efetivo total de policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães deveria ser de 5,150 profissionais.

Atualmente, segundo balanço da própria Polícia Civil repassada Zero Um Concursos, são 1.348, distribuídos entre 1.015 agentes, 185 escrivães, e 158 delegados. Some a isso o fato da possibilidade da corporação perder mais profissionais de segurança nos próximos anos.

Conforme o Setor de Pessoal da Polícia Civil, já há mais de 100 homens e 28 policiais mulheres aptos a aposentadoria. Aliado a esse número, nos próximos três anos, outros 56 homens e 26 mulheres também poderão ir para o quadro de inativos.

Ministério Público recomenda escolha da banca

Anteriormente, o Ministério Público do Rio Grande do Norte já havia recomendado a contratação da banca organizadora do novo concurso Polícia Civil do Rio Grande do Norte.

A recomendação foi publicada nesta sexta-feira, 17, no Diário Oficial do Estado, e prioriza a dispensa de licitação, por considerar este modelo o de “maior agilidade”. O manifesto foi feito por meio do 70º promotor de Justiça da Comarca de Natal, Vitor Emanuel de Medeiros Azevedo.

Segundo ele, considerando que a concorrência é o mais amplo e demorado dos procedimentos licitatórios, recomenda-se a dispensa de licitação, avaliando ser um “procedimento bem mais célere”.

Recomenda à Secretaria Estadual da Administração que dê andamento aos processos administrativos tendentes à deflagração do concurso público para o preenchimento de cargos de delegado, escrivão e agente da Polícia Civi, diz a recomendação.

Em suas considerações, o promotor revela ainda a urgência pelo concurso, avaliando o déficit de policiais. Segundo ele, o efetivo atual é de 1.371 policiais (162 delegados, 185 escrivães e 1.024 agentes), o que representa 26,6% dos 5.150 cargos previstos em lei.

Ainda conforme com o promotor, há ainda 130 policiais civis aptos à aposentadoria voluntária, dos quais 13 estão próximos da aposentadoria compulsória por idade. Com base nestes dados, o MP-RN pede celeridade no processo de escolha da banca.

Com a recomendação, fica a Secretária Estadual da Administração notificada a informar, no prazo de dez dias, as providências eventualmente adotadas a partir da decisão do MP-RN.

Vagas no Concurso Polícia Civil RN

Em entrevista a rádio 96FM Natal, a delegada-geral da PC-RN, Ana Claudia Saraiva, falou sobre o novo número de vagas previsto. Segundo ela, serão mais de 400 vagas para o próximo edital.

A delegada-geral explicou que, para atualizar o pedido do novo concurso, o número de vagas foi reavaliado. Após os estudos da necessidade da corporação, o próximo edital poderá conter:

  • Agente – 307 vagas
  • Escrivão – 33 vagas
  • Delegado – 63 vagas

Concurso Polícia Civil RN – remuneração

O setor informou ainda as remunerações atualizadas dos novos servidores. Para delegado, remuneração inicial de R$ 15.288,90 podendo chegar até R$ 23.302,70, no topo da carreira.

Para agente, remuneração inicial de R$ 3.755,48, podendo chegar até R$ 9.465,60, no topo da carreira. Para escrivão, remuneração inicial de R$ 3.755,48, podendo chegar até R$ 9.465,60, no topo da carreira.

Remuneração do Delegado

concurso policia civil rn remuneração delegado

Remuneração do Agente e Escrivão

concurso policia civil rn remuneração agente e escrivao

Concurso Polícia Civil RN – banca

O nome da banca organizadora do concurso ainda não foi revelado pelo governo. O que foi apurado pela equipe da Zero Um Concursos é que o processo de definição da banca organizadora do certame está em análise por parte da Procuradoria Geral do Estado. 

A Associação dos Delegados da PC-RN (Adepol RN) chegou a pedir celeridade no processo. A presidente da Adepol RN, Paoulla Maués, visitou a Secretaria Estadual de Administração. De acordo com a gestora, o nome da banca não foi revelado porque aguarda um parecer técnico.

A gente só está esperando desde 2015 este concurso. Por que esse parecer técnico não sai? Há mais de dez dias. Vamos ter um maior zelo pela Polícia Civil e pelo Estado, que clama por esse concurso, disse a presidente.

Ainda segundo Paoulla Maués, o processo do concurso da Polícia Civil RN foi acompanhado pelo Ministério Público e está sendo conduzido pela Adepol RN e a própria PC RN, não tendo, de acordo com a presidente, motivos para a demora.

Vamos liberar este processo. A gente quer a publicação da banca organizadora”, concluiu.

Concurso Polícia Civil RN aguarda parecer da PGE

Na última semana de outubro, o governo anunciou que o nome da banca organizadora do concurso Polícia Civil RN seria divulgado no dia 26 do mesmo mês. O documento, no entanto, não foi publicado e, ainda no dia 26, a PC RN informou que a empresa seria anunciada até o dia 30, o que também não ocorreu.

Após o novo atraso, entramos em contato com o setor de Comunicação do Governo do Estado. De acordo com a área, a divulgação do nome da empresa segue prevista para os próximos dias. Até o momento, a previsão é que o edital seja publicado ainda este ano.

Último concurso Polícia Civil RN

Publicado em 2008, o último concurso da Polícia Civil do Rio Grande do Norte ofertou 438 vagas. Dessas, 107 oportunidades foram para o cargo de escrivão, 263 para o cargo de agente e 68 para delegado. A banca organizadora foi o Cebraspe (antigo Cespe/UnB).

Os candidatos foram avaliados por meio de seis etapas, sendo elas:

  • Prova objetiva
  • Prova discursiva
  • Avaliação física (exceto para o cargo de escrivão)
  • Prova prática (somente para o escrivão)
  • Exame psicotécnico; e curso de Formação

A prova objetiva

A prova objetiva do concurso Polícia Civil RN contou com 100 questões, sendo 30 de Conhecimentos Básicos e 70 Específicos. A primeira parte cobrou dos candidatos conhecimentos nas disciplinas de Língua Portuguesa, Noções de Informática e Atualidades.

A prova discursiva

Já na prova discursiva, os candidatos tiveram que redigir um texto narrativo, descritivo ou dissertativo de até 30 linhas. O tema poderia abordar qualquer área de conhecimento prevista no edital.

Disciplinas cobradas

Cargo de delegado

  • Direito Administrativo
  • Direito Constitucional, Direito Civil
  • Direito Tributário e Financeiro
  • Direito Penal, Direito Processual Penal
  • Legislação Complementar à Matéria Penal e Processual Penal
  • Medicina Legal
  • Noções de Criminalística
  • Lei Orgânica e Estatuto da Polícia Civil do Rio Grande do Norte

Cargos Agente e Escrivão

  • Noções de Criminalística, Noções de Medicina Legal
  • Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Penal, Noções de Direito Processual Penal
  • Legislação Complementar à Matéria Penal e Processual Penal
  • Lei Orgânica e Estatuto da Polícia Civil do Rio Grande do Norte

Avaliação Física

Em praticamente todos os concursos das carreiras policiais os candidatos são submetidos a testes físicos. No concurso da PC RN também não é diferente. Apenas os candidatos ao cargo de Escrivão não passavam pelo Teste de Aptidão Física.

No último exame, os candidatos foram avaliados da seguinte forma:

Candidatos do Sexo Masculino

Os candidatos do sexo masculino precisavam fazer três exercícios. O primeiro foi a Barra Dinâmica. Para passar o candidato precisava fazer, no mínimo, 5 repetições. Outro exercício foi a flexão abdominal. Eram necessárias 35 repetições para ser aprovado.

Já o último teste foi a corrida. Os candidatos precisavam cumprir a distância mínima de 2.100m em 12 minutos.

Candidatos do Sexo Feminino

Para serem aprovados, os candidatos do sexo feminino também passavam pelos mesmos testes. Na barra estática, elas precisariam passar por, no mínimo, 15 segundos. Além disso, o teste de flexão abdominal exigia 26 repetições e corrida mínima de 1.600 metros em 12 minutos.

Avaliação Prática (Escrivão)

Esta etapa é exclusiva a quem presta o concurso para o cargo de Escrivão.

De caráter eliminatório, a prova consistiu na elaboração de uma planilha no Excel que precisava ser convertida em uma tabela para uso em um documento do Word e, posteriormente, enviada por meio de correio eletrônico (Outlook).

Na época, a prova prática foi realizada com a utilização do Office 2003. Possivelmente o próximo concurso exigirá que o candidato tenha conhecimentos de uma versão mais atualizada do programa. A versão mais recente do Office é a versão de número 10.

Não foi permitida, em hipótese alguma, a interferência e/ou a participação de terceiros na realização da prova prática. No dia de realização da prova prática, o candidato deverá comparecer munido de comprovante de inscrição e de documento de identidade original.

Exame Psicotécnico

Participam desta etapa apenas os candidatos candidatos aos cargos de Delegado de Polícia Civil Substituto e de Agente de Polícia Civil Substituto, aprovados na Avaliação Física; e os candidatos ao cargo de Escrivão aprovados na prova prática.

O exame psicotécnico consiste na aplicação e na avaliação de técnicas psicológicas. O objetivo do teste é analisar a adequação do candidato ao perfil do cargo e as características de personalidade adequadas ao cargo. Todos os candidatos são obrigados a prestarem o exame.

Curso de Formação da PC RN

O Curso de Formação da Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Norte é a última etapa do concurso. Os candidatos aprovados em todas as etapas anteriores ao Curso de Formação dentro da classificação exigida no edital estão obrigados a participar desta etapa.

De caráter eliminatório, o Curso de Formação é realizado pela Academia de Polícia Civil ou
órgão oficial congênere. Ao candidato será fornecida, durante o período do curso, bolsa para custeio de despesas pessoais na forma prevista em lei.

É eliminado do Curso de Formação o candidato que obtiver, em qualquer disciplina, média
inferior a 6,0 (seis). É igualmente eliminado do certame o candidato que, por qualquer motivo, ultrapassar o limite de faltas previsto no respectivo Plano de Curso.

Resumo do concurso Polícia Civil RN

  • Órgão: Polícia Civil do Rio Grande do Norte
  • Banca organizadora: a definir
  • Cargos: Delegado, Agente e Escrivão 
  • Escolaridade: Nível Superior
  • Número de vagas: previsão de 302 vagas
  • Remuneração: até R$ 23 mil (no topo da carreira)
  • Situação: DEFININDO BANCA
  • publicação do edital: 2020
  • Edital Polícia Civil RN
  • CURSO PC RN

Comece a estudar!

Estudando para concursos das carreiras policiais? Comece a sua preparação hoje mesmo com quem conta com uma metodologia diferenciada e aprovou os primeiros colocados no concurso policial mais concorrido do país: a Polícia do Senado!

DETALHES SOBRE O CONCURSO

Instituição: Polícia Civil do RN
Banca organizadora: a definir
Cargos: Delegado, Agente e Escrivão
Escolaridade: Nível Superior e Médio
Nº de vagas: previsão de 302
Remuneração: até R$ 10 mil
Situação: DEFININDO BANCA
Previsão edital: 2020
CURSO PC RN
Baixe o Edital