Concurso Polícia Civil SP: COMISSÃO organizadora formada para 2.939 vagas!

A Polícia Civil de São Paulo (Concurso PC SP) finalmente formalizou as comissões encarregadas pelos concursos de delegado, escrivão investigador e de médico legista. A informação consta no Diário Oficial do Estado desta terça-feira, dia 18 de fevereiro, e pode ser conferida abaixo.

Cada cargo contará com membros diferentes devido as atribuições de cada especialidade. O próximo passo agora é a contratação da banca organizadora. Vale destacar que a Fundação Vunesp vem organizando as seleções da corporação e, por isso, é a mais cotada para ficar à frente do concurso.

Comece sua preparação imediatamente, com professores altamente qualificados e uma metodologia única no mercado! Clique aqui e conheça!

Comissão concurso PC SP

A PC SP teve os salários de seus policiais civis reajustados este ano. De acordo com a Coordenadoria de Recursos Humanos do Estado, os novos valores já são válidos a partir de janeiro. Dessa forma, os aprovados no próximo concurso PC-SP ingressarão com vencimentos iniciais de até R$ 10 mil.

Vagas concurso PC SP

Em junho de 2019, o governador João Doria autorizou a abertura de um concurso com 2.939 vagas para Polícia Civil-SP. Ao todo, serão 250 oportunidades de delegado, 1.600 de escrivão, 900 de investigador e 189 de médico legista. Todos os cargos exigem nível superior.

Para delegado, por exemplo, os salários em início de carreira subiram de R$ 9.888,07 para R$ 10.382,48. Já os investigadores e escrivães que, no ano passado, ganhavam R$ 3.743,98 por mês, passaram a receber R$ 3.931,18 em 2020. Já as remunerações de médico legista foram reajustadas de R$ 8.285,66 para R$ 8.699,94.

No final de 2019, o governador Doria já tinha anunciado o reajuste salarial de 5% para os policiais civis, miliares técnico-científicos do Estado. O aumento também é válido aos agentes de segurança penitenciária, escolta e vigilância penitenciária.

Déficit na corporação

A PC SP perdeu até dezembro  de 2019, 1.996 profissionais. Os dados são do Sindicato dos Delegados do Estado (Sindpesp) quanto às baixas da corporação por aposentadorias, mortes, exonerações e nomeações sem efeito. Sem novos concursos PCSP e chamadas de aprovados, o déficit de pessoal só aumenta.

De acordo com o defasômetro, instrumento da categoria para medir a carência de profissionais, faltam 12.965 policiais civis em São Paulo. Para investigador, por exemplo, existem 3.558 postos sem preenchimento.

Em seguida, está a carreira de escrivão com déficit de 2.791 agentes. Ao passo em que cerca de 980 pedidos de aposentadorias foram protocolados em novembro, apenas 1.816 provimentos foram feitos no mês.

Grande parte proveniente do concurso Polícia Civil-SP, aberto em 2018, para as carreiras de agente policial, papiloscopista, agente de telecomunicações e auxiliar de papiloscopista. Além de escrivão.

Banca PC SP 2020 já em definição

O órgão iniciou os preparativos da seleção e definirá a banca que organizará a seleção, conforme nota enviada para a Zero Um Concuros. Vale destacar que a Fundação Vunesp vem organizando as seleções da corporação e, por isso, é a mais cotada para ficar à frente do concurso.

Nota para Zero Um Concursos sobre o concurso PC SP!

Nomeações de escrivães

O órgão publicou no Diário Oficial do Estado de ontem (28/11) a nomeação de 715 aprovados no último concurso público para a carreira de escrivão de polícia.  A próxima etapa será a posse dos nomeados, que deve acontecer dentro de aproximadamente 15 dias. Em seguida, os novos policiais iniciarão o curso na Academia da Polícia Civil (Acadepol).

Após a formação, os alunos passarão por um período de estágio probatório. Os novos policiais serão designados para reforçar o efetivo das unidades da polícia civil de todo o Estado.

Governador reforçou novo concurso

De acordo com o Governo do Estado de São Paulo, o concurso já autorizado para 2.939 vagas em cargos de nível superior permanece confirmado. O Decreto que autorizou o certame foi assinado pelo chefe do executivo, João Doria, e publicado no Diário Oficial do Estado. As providências necessárias para o provimento das vagas são para o exercício de 2020, porém os trâmites já foram ser iniciados.

“À vista dos elementos de instrução do processo, da representação do Secretário da Segurança Pública e das manifestações da Secretaria da Fazenda e Planejamento, autorizo a Pasta requerente a adotar as providências necessárias para a abertura de concurso público”, diz o despacho do governador.

Concurso PC SP: autorização oficial!
Concurso PC SP: autorização oficial!

Vagas e cargos do concurso PC SP

O aval do governo é para o preenchimento de 1.600 vagas de escrivão, 900 de investigador de polícia, 250 de delegado de polícia e 189 de médico legista. 

Investigador

  • Requisitos: ser habilitado para a condução de veículos automotores na categoria “B”, no mínimo;  possuir diploma de graduação, expedido por entidade de ensino oficial ou reconhecida, devidamente registrado ou, na falta deste, certificado de colação de grau.
  • Remuneração: Vencimentos a partir de R$ 3.743,98, correspondentes à soma dos valores do salário-base e da Gratificação pelo Regime Especial de Trabalho Policial – RETP.
  • Vagas: 900
  • Carga de trabalho: Regime Especial de Trabalho Policial – RETP

Escrivão

  • Requisitos: ser habilitado para a condução de veículos automotores na categoria “B”, no mínimo;  possuir diploma de graduação, expedido por entidade de ensino oficial ou reconhecida, devidamente registrado ou, na falta deste, certificado de colação de grau.
  • Remuneração: vencimentos a partir de R$ 3.743,98 correspondentes à soma dos valores do salário-base e da Gratificação pelo Regime Especial de Trabalho Policial – RETP.
  • Vagas: 1.600
  • Carga de trabalho: Regime Especial de Trabalho Policial – RETP

Delegado

  • Requisitos: diploma de bacharel em Direito, expedido por escola oficial ou reconhecida e devidamente registrado no Ministério da Educação – MEC; comprovação de, no mínimo, 2 (dois) anos de atividade jurídica ou 2 (dois) anos de efetivo exercício em cargo de natureza policial civil, além de ser  habilitado para a condução de veículos automotores, no mínimo na categoria ‘B”.
  • Remuneração: Vencimento inicial de R$ 9.507,77 (Pode chegar a R$ 15.972,18 na última classe/nível)
  • Vagas: 250
  • Carga de trabalho: Regime Especial de Trabalho Policial – RETP

Médico Legista

  • Requisitos: diploma de graduação, expedido por escola oficial ou reconhecida e devidamente registrado, no curso de Medicina e possuir o registro no Conselho Regional de Medicina.
  • Remuneração: Vencimento inicial de R$ 7.516,02
  • Vagas: 189
  • Carga de trabalho: Regime Especial de Trabalho Policial – RETP

Atualmente, o órgão possui 13 mil cargos vagos.

Últimos concursos PC SP 

As quatro carreiras contempladas no novo concurso tiveram concursos organizados nos últimos seis anos pela Fundação Vunesp. O concurso para investigador e escrivão foi realizado em cinco etapas em 2018: prova objetiva, prova escrita, comprovação de idoneidade mediante investigação social, prova oral e prova de títulos.

Os candidatos responderam a 100 questões na primeira fase nas áreas de Língua Portuguesa, Noções de Direito, Noções de Informática, Criminologia, Lógica e Atualidades.

Quem disputou a carreira de delegado de polícia em 2018 foi submetido a provas objetiva, escrita e oral, investigação social e prova de títulos. A avaliação objetiva teve 100 questões de múltipla escolha de Direito Penal, Direito Processual Penal, Legislação Especial, Direito Constitucional, Direitos Humanos, Direito Administrativo, Direito Civil, Medicina Legal e Noções de Informática.

A seleção para contratação de médico legista em 2014 teve cinco fases: prova objetiva de múltipla escolha, prova de aptidão psicológica (PAP), prova de aptidão física (PAF), comprovação de idoneidade e conduta escorreita, e prova de títulos.

O caderno de prova objetiva foi constituído de 100 questões distribuídas entre Língua Portuguesa, Noções de Direito, Criminologia, Lógica, Informática e Conhecimentos Específicos.

Atribuições dos cargos PC SP

Atribuições dos cargos São atividades inerentes ao exercício do cargo de investigador de polícia: realizar diligências investigatórias e de policiamento preventivo especializado; cumprir requisições escritas ou verbais atinentes ao trabalho de polícia judiciária, emanadas pela Autoridade Policial; cumprir mandados; elaborar documentos de polícia judiciária e relatórios circunstanciais; escoltar presos; realizar prisões e apreensões; manter a segurança de locais onde se desenvolve a atividade policial civil; atender ao público interno e externo, no desempenho da atividade policial; intervir, a qualquer tempo, em ocorrências de natureza criminal; conduzir viaturas policiais; transportar pessoas e coisas vinculadas a ocorrências policiais, conservar, manusear e empregar armas de fogo e equipamentos menos letais; portar arma de fogo e atuar em campo com possibilidade de exposição a situações de conflito armado; executar demais atos compatíveis com a atividade de polícia judiciária e administrativa.

O candidato que tomar posse no cargo de escrivão de polícia terá as seguintes atividades: elaboração de registros digitais de ocorrência – RDO; termos circunstanciados; inquéritos policiais em todas as suas formas de instauração; processos administrativos; sindicâncias; apurações e demais peças e documentos policiais, tendo ainda como atribuição a organização cartorária, sob a presidência direta do Delegado de Polícia), além das funções previstas na Portaria DGP nº 30/12 e na Lei nº 207, de 5 de janeiro de 1979 (Lei Orgânica da Polícia do Estado de São Paulo).

Ao delegado de polícia, compete: exercer atos inerentes à gestão dessa atividade; presidir os atos de polícia judiciária e a apuração das infrações penais, praticar atos de polícia administrativa e exercer policiamento preventivo especializado; presidir a investigação criminal e as ações a ela relacionadas, dentre as quais aquelas previstas no Código de Processo Penal e na legislação extravagante; portar arma e atuar com possibilidade de exposição a situações de risco; mediar conflitos.

De acordo com último edital, para o preenchimento de vagas para o posto de médico legista, são competências básicas da função: executar autópsias ou exames necroscópicos em humanos, em partes de cadáveres putrefeitos e esqueletizados; executar perícias de exumação; coletar amostras biológicas de humanos, para fins de exames complementares; realizar exames periciais de natureza antropológica; realizar exames periciais em vivos: lesões corporais, sexológicos, embriaguez, toxicológicos e também nas especialidades médicas; acompanhar equipes de perícia em local de crime contra a pessoa, quando necessário, a critério da Autoridade requisitante; zelar pela cadeia de custódia; dirigir viaturas e portar armas; atender locais de crimes com características diversificadas, incluindo contato direto com pessoas portadoras de doenças contagiosas ou com substâncias tóxicas (agentes físicos, químicos e/ou biológicos); atender ao público em geral.

Confira abaixo mais detalhes sobre os últimos editais da seleção!

Detalhes concurso Polícia Civil SP:

  • Concurso: Polícia Civil de São Paulo (Concurso PC SP)
  • Banca organizadora: a definir
  • Cargos: Delegado, Escrivão, Investigador, Médico Legista
  • Escolaridade: nível superior
  • Número de vagas: 2.939
  • Remuneração: até R$ 10 mil
  • Situação: COMISSÃO FORMADA
  • Previsão p/ publicação do edital: 2020
  • Link dos últimos editais:
  • Investigador
  • Escrivão
  • Delegado
  • Médico Legista

A Zero Um Concursos possui um curso on-line direcionado para sua aprovação, com professores altamente qualificados e uma metodologia que aprovou o 1º e 10º colocados e nossos especialistas, Carlos Alfama e Paulo Igor, no concurso policial mais concorrido do país: a Polícia do Senado. Clique no link abaixo e inicie agora mesmo sua preparação para ingresso nessa grande oportunidade. Aqui você tem a certeza do melhor negócio e garantia de uma alta performance para o certame.