Edital Polícia Civil PR: TODOS os detalhes da carreira de investigador! 300 vagas e R$ 5,4 mil!

O edital do concurso público autorizado, desde novembro,  para a Polícia Civil do Paraná será anunciado na próxima terça-feira, dia 3 de março. A previsão foi dada pelo deputado estadual do Paraná, Mauro Moraes. Segundo ele, a data foi definida após reunião com os titulares da Secretaria de Segurança e a diretoria da PC-PR.

Anúncio concurso PC PR

O maior número de vagas serão ofertadas para a carreira de Investigador, com 300 oportunidades para a função que exige nível superior em qualquer área, o que pode significar uma grande concorrência para aqueles que desejam conquistar a tão sonhada estabilidade financeira.

O desenvolvimento da carreira de policiais civis e delegados ocorre por meios dos institutos de progressão e promoção. A progressão é a mudança de referência para outra imediatamente superior, dentro da mesma classe.

Inicialmente, a progressão é concedida ao policial e delegado que atingir cinco anos de efetivo exercício ao Estado do Paraná.

Após atingir a referência seis, a progressão acontecerá a cada dois anos de efetivo exercício ao Paraná. 

Requisitos

Atualmente, o vencimento para a função de investigador da PC PR é de R$ 5.478,49. O decreto nº 4.345/05 determina o cumprimento da carga horária de 40 horas semanais.

De acordo com a Lei Complementar nº 14/82, além do vencimento mensal, o policial civil poderá receber os seguintes benefícios:

  • adicionais;
  • gratificação;
  • ajuda de custo;
  • diárias;
  • salário família;
  • auxílio médico-hospitalar e de doença.
Remunerações PC PR

♦ Atribuições

As atribuições para o cargo de investigador estão especificadas no Art. 6º da Lei Complementar nº96/2002. O investigador realiza atividades de inspeção e operações policiais, além de investigar a autoria dos crimes e infrações administrativas.

Destacam-se as seguintes atribuições:

  • realizar qualquer serviço de natureza policial ou de segurança, a qualquer hora do dia ou da noite, estando ou não designado, quando solicitado por superior imediato ou autoridade policial a que se subordina, por seus agentes ou quando solicitado por qualquer cidadão;
  • comunicar à autoridade policial a que estiver subordinado, qualquer fato grave ou potencialmente lesivo ou que demande investigação, chegados ao seu conhecimento;
  • prender ou fazer prender delinquentes contra os quais houver mandado de prisão ou em flagrante delito, providenciando, neste caso, o acompanhamento de testemunhas;
  • comparecer a serviço de plantão, ronda, guarda e vigilância de unidades policiais, segurança de pessoas e outros para os quais tenha sido designado;
  • não abandonar o posto ou missão sem ordem superior e até a chegada de substituto;
  • usar a arma individual ou outras armas e equipamentos à sua disposição somente em situação de estado de necessidade, em legítima defesa, ou no estrito cumprimento do dever legal ou no exercício regular do exercício. 

♦ Requisitos

Quem desejar se candidatar às oportunidades de investigador da PC-PR precisa ter nível superior completo em qualquer área; idade mínima de 21 anos; e possuir Carteira Nacional de Habilitação na categoria “B” ou superior.

Além disso, é preciso ser brasileiro nato ou naturalizado. No caso de nacionalidade portuguesa, é necessário estar amparado pelo Estatuto de Igualdade entre brasileiros e portugueses.

Estar em dia com as obrigações civis e militares e não registrar antecedentes criminais também estão entre os requisitos para investidura no cargo. 

♦ Forma de ingresso

O ingresso na carreira de investigador da PC PR se dá, exclusivamente, por aprovação em concurso público. No último concurso, realizado em 2009, por exemplo, a seleção dos candidatos foi feita em cinco fases:

  • Prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Prova de conhecimentos específicos, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Prova de higidez física (entrega de exames médicos), de caráter eliminatório;
  • Prova de aptidão física, de caráter eliminatório;
  • Prova de investigação de conduta, de caráter eliminatório.

Próximo concurso PC PR ofertará 400 vagas

O próximo concurso PC PR também trará oportunidades para as funções de delegado e papiloscopista, ambos com 50 vagas. Para ser delegado é preciso ter bacharelado em Direito. A remuneração inicial passa de R$ 13 mil.

Já para a função de papiloscopista, é necessário ter ensino superior completo em qualquer área. O vencimento é de R$ 5.752,41.

Em setembro, o setor de comunicação do Estado do Paraná afirmou que o governo está trabalhando para que os editais da área de segurança sejam publicados ainda este ano.

Caso isso aconteça, as provas serão aplicadas no início de 2020. 

Apesar de não ter nenhum cronograma definido, o concurso da PC PR terá provas em dias distintos para os cargos de investigador, papiloscopista e delegado.

A determinação ocorreu após o conselho do órgão avaliar um ofício enviado pelo deputado estadual Delegado Recalcatti ao secretário de Segurança, Coronel Romulo Marinho Soares.

Com a aplicação de provas em dias diferentes, é possível que o edital permita os candidatos se inscreverem para mais de um cargo, desde que haja compatibilidade de entre os requisitos das funções.

Detalhes concurso PC PR

A Zero Um Concursos possui cursos direcionados para sua aprovação, com professores altamente qualificados. Clique no botão abaixo e inicie agora mesmo sua preparação para ingresso na área policial. Aqui você tem a certeza do melhor negócio e garantia da aprovação para essa grande oportunidade.