O emprego correto do termo ‘Mesmo’

Todos nós já observamos por aí, nos elevadores, uma placa com os seguintes dizeres:

Antes de entrar no elevador, verifique se o mesmo encontra-se parado neste andar.

Essa construção está simplesmente errada! É frequente o de erro de se usar tal pronome demonstrativo sem acompanhar um substantivo. O termo “mesmo”, embora seja um pronome, para a nossa Gramática, não pode ser usado com função de substituir um substantivo anteriormente dito. Para estar correto, esse pronome deve estar acompanhando um substantivo, com papel de determinante.

Deveriam, no lugar dele, nessa frase do elevador, ter sido usados os pronomes “ele” ou “este”, o que resultaria em uma construção inclusive mais simples, diga-se de passagem.

Vejamos:

Antes de entrar no elevador, verifique se ELE se encontra parado neste andar.

O pronome “mesmo”, então, de acordo com a regra, é empregado como determinante de um substantivo, não como substituto.

Por exemplo:

Ele sempre repete o mesmo discurso.

Note que o termo “mesmo” não está substituindo um substantivo, e sim determinando-o.

Atenção!

Existe um caso, no Português, em que o termo ‘mesmo’ pode aparecer acompanhado de um artigo definido, sem que esteja determinando qualquer substantivo. Para isso ocorrer, de forma correta, é preciso enxergá-lo com valor semântico de ‘a mesma coisa’.

Nós cuidamos da alimentação das nossas crianças. Você deveria fazer o mesmo.