Teste da barra fixa: o que é e como melhorar para o TAF?

O Teste da Barra Fixa é um dos exercícios mais comuns nos Testes de Aptidão Física aplicados em concursos públicos da área policial, o famoso TAF . Candidatos de ambos os sexos, seja masculino ou feminino, são submetidos às provas.

A única diferença está na modalidade de execução na barra. Enquanto os candidatos do sexo masculino realizam o Teste Dinâmico da Barra Fixa, as candidatas executam o Teste Estático, ou Isometria, como é chamado em alguns concursos. Mas fica tranquilo que vamos explicar tudo neste artigo.

Muita gente chega a desistir por se achar incapaz de realizar o exame ou é cortado do concurso por simplesmente não conseguir fazer o mínimo exigido para ser aprovado.

Por isso, acompanhe este artigo para entender como o teste da barra fixa é aplicado em concursos da área policial. Nesta página, você vai saber o que é proibido e permitido, e como fortalecer os músculos para melhorar o desempenho para o TAF.

teste da barra fixa

Como é feito o Teste Dinâmico da Barra Fixa (masculino)?

Nós vamos começar a explicar como é a dinâmica do Teste Dinâmico da Barra Fixa aplicado a candidatos do sexo masculino. Antes de realizar o exercício, o candidato deve cumprir as normas estabelecidas quanto à posição que ele deve ficar na barra.

  • A largura da empunhadura deve ser, aproximadamente, a dos ombros;
  • A empunhadura das mãos poderá ser em pronação (dorsos das mãos voltados para o corpo do executante);
  • O candidato também pode realizar o exercício com a empunhadura das mãos em supinação (que corresponde às palmas das mãos voltadas para o corpo do executante);
  • Os cotovelos e quadril devem estar em extensão;
  • Não poderá haver nenhum contato dos pés com o solo, todo o corpo na posição vertical.

No momento da execução, o avaliador dirá o comando “iniciar”. Nesse momento, o candidato deverá flexionar os cotovelos, elevando o seu corpo até que o queixo ultrapasse o nível da barra. Não é permitido tocar o queixo na barra.

Em seguida, deverá estender novamente os cotovelos, baixando o seu corpo até a posição inicial. O mesmo movimento deve ser repetido o máximo de vezes até que o candidato realize o processo, sem pausas, cumprindo o mínimo para ser aprovado.

O aproveitamento mínimo para ser considerado apto no teste da barra fixa vai depender do edital do concurso. Algumas seleções exigem que o candidato cumpra o exercício realizando três ou quatro repetições.

Outros correspondem o número de repetições feita pelo candidato a uma tabela de pontos. Nesses casos, fica aprovado o candidato que fizer a maior pontuação. Em outras palavras, quem fizer mais repetições estará na frente, sendo excluído quem não cumprir o mínimo de 50% do total.

teste de isomeria na barra fixa

Como é feito o Teste Estático da Barra Fixa (feminino)?

Já os candidatos do sexo feminino executam um exercício na barra fixa chamado de Teste Estático, ou Teste de Isometria. Antes de fazer o teste, as candidatas precisam posicionar-se sob a barra pisando sobre um ponto de apoio.

Ao comando de “em posição”, a candidata deve empunhar a barra em pronação (com os dorsos das mãos voltados para o corpo). A posição pode ser feita também com as mãos em supinação (que corresponde às palmas das mãos voltadas para o corpo).

A candidata deve elevar o seu corpo até que o queixo fique acima da parte superior da barra, sem que ele toque a barra. Após esse procedimento, a candidata deve manter os braços completamente flexionados, com o corpo na posição vertical e pés em contato com o ponto de apoio.

Quando o avaliador aciona o comando “iniciar”, o ponto de apoio é retirado. É nesse momento em que é iniciada a cronometragem do tempo de permanência da candidata na posição, sem flexionar o quadril.

Ela deve permanecer suspensa na posição apenas com o esforço de seus membros superiores. Os dois braços devem ficar completamente flexionado. O queixo precisa ficar acima da parte superior da barra sem poder tocá-la.

O resultado do teste vai corresponder ao tempo em que ela permanece em suspensão. Se ela cumpre o mínimo exigido no edital, a candidata é considerada apta na prova.

Já em outros concursos, uma tabela indica a pontuação da candidata, o que vai depender do tempo em que ela permanecerá em suspensão. Nesses casos, é necessário observar a regra do edital para verificar quantos pontos precisam ser feitos para ser aprovada.

O que é proibido no teste da barra fixa?

Não é permitido no Teste da Barra Fixa:

  • tocar com o(s) pé(s) no solo ou em qualquer parte de sustentação da barra após o início das execuções;
  • flexionar o quadril em qualquer momento do teste;
  • após a tomada de posição inicial, receber qualquer tipo de ajuda física;
  • utilizar luvas ou qualquer outro artifício para a proteção das mãos;
  • apoiar o queixo na barra;
  • após ultrapassar o queixo em relação à barra, simplesmente soltar as mãos, em vez de completar o movimento com os cotovelos totalmente estendidos;
  • utilizar impulso de braços e tronco para frente e para cima, levando o peito para cima;
  • realizar a “pedalada”;
  • realizar o “chute”;
  • realizar o “butterfly”;
  • não manter o corpo (cabeça, tronco e quadril) completamente na posição vertical;
  • estender o pescoço, em vez de ultrapassar o queixo em relação à barra com movimento exclusivo de membros superiores.

Quais músculos fortalecer para a barra fixa?

Segundo especialistas em treinamento físico e funcional, o exercício da barra fixa é um dos mais completos. Isso porque, para que seja realizado, ele exige os músculos do braço (bíceps braquial); do antebraço; abdômen; dorsal; latíssimos do dorso e trapézio; e das articulações como ombros, cotovelos, punhos e quadril.

Estima-se que, para ter um bom resultado e desempenho no teste da barra fixa, o candidato deve mandar muito bem na academia com exercícios como supino, flexões, agachamentos e exercícios que exijam os músculos dos membros superiores.

É normal que muitas pessoas não cumpram o exercício simplesmente por não conseguirem fazê-lo. O ideal mesmo é manter uma rotina de treinamento físico em conjunto com os estudos para a prova do concurso. É preciso ter em mente que as duas etapas são essenciais e podem te eliminar da disputa.

De qualquer forma, nãos e desespere. Vamos deixar aqui algumas dicas para você conseguir fazer o teste da barra fixa em pouco tempo de treino.

Como fazer barra fixa em pouco tempo?

Aqui, vamos mostrar uma forma fácil e eficiente de se tornar um monstro da barra fixa dedicando míseros 10 minutos do seu dia nessa missão. Antes de tudo, pergunte-se: quantas repetições você consegue fazer na barra fixa?

Isso é importante saber porque é a partir deste índice que você vai tirar para treinar o exercício. A primeira dica é começar a treinar fazendo 30% do máximo que você consegue fazer em um minuto.

Por exemplo: se você consegue fazer 6 barras fixas, tente começar fazendo duas. À medida em que você for cumprindo os exercícios e atingindo as marcas, o seu condicionamento físico para o teste vai ficar cada vez maior e mais proveitoso.

Repita o mesmo procedimento durante 10 minutos entre duas ou três vezes por semana. Você pode aumentar as séries dependendo do seu grau de fadiga e cansaço. A ideia aqui é você respeitar o seu limite, que vai crescendo à medida em que os treinos vão se intensificando.

Outras notícias!

Comece a estudar agora!

A Zero Um Concursos possui cursos direcionados para sua aprovação, com professores altamente qualificados, consultorias online e aulas presenciais. Clique no link abaixo e inicie agora mesmo sua preparação para ingresso na área policial. Aqui você tem a certeza do melhor negócio e garantia da aprovação para essa grande oportunidade.